Os sinais da Síndrome de Burnout. Será que você tem? - Hospital Santa Mônica

Reconheça os sinais de esgotamento antes que seja tarde demais

Síndrome de Burnout é um das doenças que acomete os profissionais de alta performance. Como os empreendedores de alto nível costumam ser tão apaixonados pelo que fazem, eles tendem a ignorar o fato de estarem trabalhando excepcionalmente por longas horas, assumindo cargas de trabalho excessivamente pesadas e exercendo uma enorme pressão sobre si próprios – tudo isso os torna suscetíveis para a Síndrome de Burnout.

O que é burnout?

Burnout é um estado de estresse crônico que leva a:

  • Exaustão física e emocional;
  • Cinismo e desapego;
  • Sentimentos de ineficácia e falta de realização.

Quando no meio do esgotamento completo, você não é mais capaz de funcionar efetivamente em um nível pessoal ou profissional. No entanto, o burnout não acontece de repente. Você não acorda uma manhã e, de repente, “está esgotado”. Sua natureza é muito mais insidiosa, crescendo ao longo do tempo, o que torna muito mais difícil de reconhecer. Ainda assim, nossos corpos e mentes nos dão avisos, e se você souber o que procurar, poderá reconhecê-lo antes que seja tarde demais.

Quais são os sinais de burnout?

Cada uma das três áreas descritas acima é caracterizada por certos sinais e sintomas (embora haja sobreposição em algumas áreas). Esses sinais e sintomas existem ao longo de um período. Em outras palavras, a diferença entre stress e burnout é uma questão de grau, o que significa que quanto mais cedo você reconhecer os sinais, melhor será capaz de evitar o burnout (se você fizer algo para lidar com os sintomas quando os reconhecer).

Sinais de exaustão física e emocional:

Fadiga crônica. Nos estágios iniciais, você pode sentir falta de energia e se sentir cansado na maioria dos dias. Nos últimos estágios, você se sente fisicamente e emocionalmente exausto, exaurido e esgotado, e pode sentir uma sensação de medo pelo que está por vir em um determinado dia.

Insônia. Nos estágios iniciais, você pode ter dificuldade em adormecer ou permanecer dormindo uma ou duas noites por semana. Nos últimos estágios, a insônia pode se tornar uma provação persistente e noturna; tão exausto quanto você é, você não consegue dormir.

Esquecimento / dificuldade de concentração e atenção. A falta de foco e o leve esquecimento são sinais precoces. Mais tarde, os problemas podem chegar ao ponto em que você não consegue fazer o seu trabalho e tudo começa a se acumular.

Sintomas físicos. Os sintomas físicos podem incluir dor no peito, palpitações cardíacas, falta de ar, dor gastrointestinal, tontura, desmaios e / ou dores de cabeça (todos devem ser medicamente avaliados).

Doença aumentada. Como seu corpo está esgotado, seu sistema imunológico fica enfraquecido, tornando-o mais vulnerável a infecções, resfriados, gripes e outros problemas médicos relacionados ao sistema imunológico.

Perda de apetite. Nos estágios iniciais, você pode não sentir fome e pode pular algumas refeições. Nos últimos estágios, você pode perder o apetite e começar a perder uma quantidade significativa de peso.

Ansiedade. No início, você pode experimentar sintomas leves de tensão, preocupação e nervosismo. À medida que você se aproxima do esgotamento, a ansiedade pode se tornar tão séria que interfere em sua capacidade de trabalhar de forma produtiva e pode causar problemas em sua vida pessoal.

Depressão. Nos estágios iniciais, você pode se sentir um pouco triste, ocasionalmente sem esperança, e você pode experimentar sentimentos de culpa e inutilidade como resultado. Na pior das hipóteses, você pode se sentir preso, severamente deprimido e achar que o mundo ficaria melhor sem você.

Raiva. A princípio, isso pode se apresentar como tensão interpessoal e irritabilidade. Nos últimos estágios, isso pode se transformar em explosões de raiva e discussões sérias em casa e no trabalho. (Se a raiva chega ao ponto em que se transforma em pensamentos ou atos de violência para com a família ou colegas de trabalho, procure assistência profissional imediata.)

Sinais de cinismo e desapego

Perda de prazer. No início, a perda de prazer pode parecer muito branda, como não querer ir trabalhar ou estar ansiosa para ir embora. Sem intervenção, a perda de prazer pode se estender a todas as áreas da sua vida, incluindo o tempo que você passa com a família e os amigos. No trabalho, você pode tentar evitar projetos e descobrir maneiras de escapar do trabalho todos juntos.

Pessimismo. A princípio, isso pode se apresentar como uma conversa negativa. Na pior das hipóteses, isso pode ir além de como você se sente em relação a si mesmo e estender-se a questões de confiança com colegas de trabalho e familiares e um sentimento de que você não pode contar com ninguém.

Isolamento. Nos estágios iniciais, isso pode parecer uma resistência moderada à socialização (ou seja, não querer sair para almoçar; fechar a porta ocasionalmente para manter os outros fora). Nos últimos estágios, você pode ficar com raiva quando alguém fala com você, ou você pode entrar cedo ou sair tarde para evitar interações.

Destacamento. O desapego é um sentimento geral de se sentir desconectado dos outros ou do seu ambiente. Pode tomar a forma dos comportamentos isolados descritos acima e resultar na remoção emocional e fisicamente do seu trabalho e de outras responsabilidades. Você pode ficar doente muitas vezes, parar de retornar chamadas e e-mails ou chegar atrasado regularmente.

Sinais de Ineficácia e Falta de Realização 

Sentimentos de apatia e desesperança. Isso é semelhante ao descrito nas seções de depressão e pessimismo deste artigo. Apresenta como um sentido geral que nada está indo bem ou nada importa. À medida que os sintomas pioram, esses sentimentos podem se tornar imobilizadores, fazendo parecer “qual é o objetivo?”

Irritabilidade aumentada. Irritabilidade muitas vezes resulta de se sentir ineficaz, sem importância, inútil, e uma sensação crescente de que você não é capaz de fazer as coisas de forma tão eficiente ou eficaz como você fez uma vez. Nos estágios iniciais, isso pode interferir nas relações pessoais e profissionais. Na pior das hipóteses, pode destruir relacionamentos e carreiras.

Falta de produtividade e baixo desempenho. Apesar das longas horas, o estresse crônico impede que você seja tão produtivo quanto antes, o que geralmente resulta em projetos incompletos e em uma lista de tarefas cada vez maior. Às vezes, parece que, por mais que você tente, não pode sair de baixo da pilha.  

Se você não está tendo nenhum desses problemas, ótimo! No entanto, você deve manter estes sinais de aviso em mente, lembrando que o burnout é uma criatura insidiosa que se arrasta em você como você está vivendo sua vida ocupada.

Se você estiver enfrentando alguns desses sintomas, isso deve ser uma chamada de ativação que você pode estar em um caminho perigoso. Tire algum tempo para avaliar honestamente a quantidade de estresse em sua vida e encontrar maneiras de reduzi-lo antes que seja tarde demais. Burnout não é como a gripe; não desaparece depois de algumas semanas, a menos que você faça algumas mudanças em sua vida.

No último dia 05, a jornalista e apresentadora Izabella Camargo, ao retornar de licença após o diagnóstico de Síndrome de Burnout foi desligada da Rede Globo. Izabella concedeu com exclusividade ao Notícias da TV “Estou sendo punida por ter ficado doente, com uma doença funcional, e os laudos provam isso. Foi um susto. Esperava qualquer coisa, menos ser demitida”, diz Izabella.

Infelizmente a sociedade ainda luta com o preconceito relacionado aos problemas de saúde mental, precisamos falar sobre o assunto visando a desmistificação dos transtornos mentais.

Planos de Saúde

Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed Federal
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
Fusex
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
Aeronáutica
ABRASA
ABET
Ver todos
Consulta e Internação 24h