A importância da internação para pacientes com distúrbio mental - Hospital Santa Mônica
Hospita Santa Mônica

Olá, bem-vindo. Escolha um setor para falar conosco.

Lidar com um transtorno psíquico é desafiador para o paciente e para aqueles que fazem parte de seu convívio, especialmente família, amigos, parceiros amorosos, colegas de trabalho e estudos.

Após avaliação criteriosa em atendimento psiquiátrico, a internação para distúrbios de saúde mental pode ser uma alternativa para reabilitar o indivíduo e auxiliá-lo a se reinserir no convívio social, além de restabelecer seu bem-estar.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, 9,3% dos brasileiros apresentam algum transtorno de ansiedade, enquanto 5,8% têm depressão.

Os dados compõem relatório mundial, divulgado em 2017, que chama atenção para os números de transtornos de saúde mental deflagrados, entre os quais se incluem também esquizofrenia, transtorno bipolar, estresse pós-traumático, demência, transtorno obsessivo compulsivo e déficit de atenção com hiperatividade, por exemplo.

A partir de um atendimento humanizado, baseado em tratamentos que envolvam profissionais de diferentes áreas, da medicina à psicologia, compreenda a seguir a importância da internação para pacientes com distúrbios de saúde mental.

Suporte de equipe multidisciplinar durante a internação para distúrbios de saúde mental

Em caso de ser reconhecida a necessidade de internação, após avaliação e laudo médico, o paciente tem à sua disposição uma equipe composta por psiquiatra, clínico geral, assistente social, terapeuta ocupacional, nutricionista, enfermeiro e psicólogo.

Com a finalidade de estabelecer uma rotina e de tratar todas as características individuais de seu diagnóstico, cada profissional envolvido no tratamento tem papel decisório para promover avanços no tratamento intensivo.

A equipe multidisciplinar assume as funções de trabalhar a psicoterapia, a prescrição e a administração de medicamentos — como em casos de pacientes com depressão —, a elaboração de um plano alimentar, que fortaleça a saúde física do paciente, além de humanizá-lo com atividades de entretenimento, relacionadas à arte e cultura, por exemplo, a fim de mantê-lo motivado a dar continuidade ao tratamento.

Ambiente capaz de proporcionar tranquilidade

O local em que é realizada a internação psiquiátrica atende a requisitos que o tornam adequado para a reabilitação e acolhedor, com a finalidade de evitar que o paciente, distante dos lugares aos quais estava habituado, tenha a sensação de aprisionamento ou intensifique o sofrimento — que já pode apresentar decorrente dos sintomas do distúrbio mental.

Além infraestrutura requerida para todas as etapas do tratamento, dos consultórios aos quartos, refeitórios, áreas de lazer e convivência, também é importante que o local seja arborizado, aproximando o indivíduo da natureza, o que promove paz e tranquilidade.

Auxílio individualizado para ajudar o paciente e a família a lidar com o transtorno

O apoio da família é fundamental para que o indivíduo atendido se sinta amparado durante o processo de reabilitação. No entanto, é frequente que os familiares tenham dificuldades de lidar com a situação e acabem precisando também de orientação terapêutica, para que entendam como lidar com o sofrimento e o que podem fazer para colaborar a favor da melhora do ente querido.

Uma vez amparada, acompanhada do suporte e da compreensão daqueles que ama, a pessoa que apresenta o transtorno psíquico deixa de lidar com o diagnóstico como se fosse uma sentença para toda a sua vida e adquire forças para vencer todas as etapas do tratamento.

A internação para distúrbios de saúde mental, enfim, busca resolver a crise de forma mais rápida, com atendimento completo e humanizado, proporcionando bem-estar, confiança e tranquilidade, de modo a reinserir o cidadão nos meios de convívio e preservar suas capacidades cognitivas e sociais.

Quer entender melhor como funciona o processo? Então, entre em contato conosco e esclareça suas dúvidas com nossa equipe, que manterá suas informações em sigilo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planos de Saúde

CARE PLUS
SBC Saúde
Amil
Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
ABRASA
Ver todos