Entenda como são os tratamentos para anorexia nervosa em adolescentes - Hospital Santa Mônica
Hospita Santa Mônica

Olá, bem-vindo. Escolha um setor para falar conosco.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, 77% das jovens em São Paulo tem propensão a distúrbios alimentares. Esse cenário representa apenas parte da situação do Brasil quando se trata desse tipo de problema, e a anorexia nervosa em adolescentes está entre os transtornos mais comuns.

Esse distúrbio se caracteriza pela restrição excessiva aos alimentos — mesmo que haja fome — pelo medo de ganhar peso. 1 em cada 5 pessoas que sofrem com isso vem a falecer, dado que comprova a seriedade do assunto.

Neste post, vamos abordar as principais questões sobre a anorexia nervosa. Continue a leitura e entenda por que os adolescentes são um grupo de risco:

Quais são as causas da anorexia nervosa em adolescentes?

Desejo por um corpo magro

A busca pelo “corpo perfeito” é uma das principais causas da anorexia nervosa. A insatisfação com a visão que se tem no espelho muitas vezes resulta na adoção de dietas cada vez mais restritas, por mais que já se tenha atingido a magreza.

Para alcançar esse objetivo, adolescentes podem fazer o uso indiscriminado de medicações específicas, realizar exercícios físicos sem acompanhamento profissional e evitar as refeições do dia.

Elevado nível de ansiedade

Em determinados casos, jovens que são extremamente ansiosos deixam de se alimentar para tentar suprir a ansiedade. Nessas situações, o problema vai além da busca pelo físico desejado: a opção de não comer surge principalmente como uma forma de combater o problema.

Eventos emocionais traumáticos.

Alguns fatores, como abuso sexual e outros traumas, causam danos emocionais e afetam de forma prejudicial a autoestima. Consequentemente, a restrição alimentar para alcançar um corpo mais bonito surge como uma maneira de melhorar a aparência.

Que sintomas podem indicar o problema?

Os principais sinais que podem mostrar que um adolescente sofre com anorexia nervosa são:

  • perda de peso extrema;
  • medo intenso de ganhar peso;
  • prática excessiva de atividades físicas;
  • baixa autoestima.

Quais são os fatores de risco?

Os fatores de risco são aspectos que aumentam as chances de ocorrência ou agravo de um determinado problema de saúde. Veja quais se relacionam com a anorexia nervosa em adolescentes:

  • influência da mídia: a mídia cria padrões de beleza que influenciam muitas meninas a quererem o físico semelhante ao que é mostrado na televisão;
  • ligação aos esportes e mundo artístico: adolescentes que são atletas, modelos ou atrizes são pressionadas direta ou indiretamente a terem sempre uma boa aparência.
  • pressão da família e amigos: pessoas próximas podem cobrar um bom físico, principalmente quando se está acima do peso.

Como é o tratamento para a anorexia nervosa?

O tratamento desse distúrbio deve incluir o acompanhamento de um nutricionista, para que haja uma reeducação alimentar; de uma equipe qualificada para proporcionar o apoio psicológico necessário; e a escolha de uma instituição de referência, capaz de oferecer todo o suporte para que a saúde mental e física do paciente seja restabelecida por completo.

Perceba então que a anorexia nervosa em adolescentes realmente representa um risco a vida e precisa ser tratada o quanto antes para que consequências mais graves não venham a acontecer.

Este post ajudou você? Então aproveite para se informar sobre outros tipos de distúrbios alimentares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planos de Saúde

CARE PLUS
SBC Saúde
Amil
Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
ABRASA
Ver todos