Como lidar com influência negativa de amigos na infância? - Hospital Santa Mônica
Hospita Santa Mônica

Olá, bem-vindo. Escolha um setor para falar conosco.

Influência negativa é um conjunto de comportamentos, indivíduos ou situações que têm o potencial de causar impactos negativos em relação às atitudes, emoções ou pensamentos de uma pessoa.

Diante desse conceito, é preciso perceber como a influência de amigos na infância tem grande relevância, pois é durante essa fase que os primeiros vínculos de amizade são criados.

Assim, muitos pais se sentem preocupados com as pessoas e situações presentes nos ambientes que seus filhos têm contato. Mudanças de comportamento podem ter origem em diversos aspectos e saber identificá-los é imprescindível.

Afinal, sabemos que a influência negativa sempre existirá, mas como lidar com esse assunto? É possível ter plena atenção e contornar essas situações? Continue acompanhando este artigo e entenda como!

Conheça as amizades

A criança era cativante, alegre e obediente, mas, de repente, começou a ter comportamentos mais rebeldes ou até mesmo tristes e melancólicos?

Pode ser que essas mudanças aconteçam devido ao turbilhão de emoções que as rápidas transições da infância e adolescência impõem. Contudo, existem chances de que esses comportamentos ocorram por influência de amigos na infância, que não compartilham dos mesmos valores que os da sua família.

Nesse contexto, uma maneira de lidar com a situação é conhecer de perto todas as amizades. Aproxime-se convidando-os para um lanche em sua casa, pergunte sobre os esportes que praticam ou quais lugares gostam de frequentar.

É importante não adotar uma postura invasiva, mas tentar manter uma relação saudável e de confiança com as pessoas que mantêm uma conexão mais próxima com seus filhos.

Cultive conversas francas

Sempre que assuntos relacionados à mudança de comportamento são colocados em pauta, diálogo é um dos — senão o melhor — métodos para começar a entender e lidar com o problema.

Entretanto, de nada adianta estabelecer diálogos intermináveis, nos quais a criança sente receio em se abrir ou contar suas angústias e experiências. Procure mostrar que está tudo bem em contar a verdade.

Ainda, demonstre que você não vai se surpreender ou adotar uma postura punitiva se souber de algo que seja diferente do esperado. Saiba criar essa conexão de confiança e veja como as conversas se tornam mais fluidas e produtivas.

Identifique amizades tóxicas

Manter a autoestima elevada é fundamental para qualquer faixa etária. Essa qualidade começa a ser construída na infância e impacta no desenvolvimento da personalidade de todos os indivíduos.

Muitas vezes, porém, o ambiente escolar pode ser cruel com a autoestima das crianças que sofrem bullying. Esse comportamento é praticado por outros colegas, que mantêm atitudes provocadoras e intimidadoras de maneira permanente.

Identifique relatos de experiências nas quais seu filho relatou atitudes maldosas ou agressivas. Preste atenção na recorrência e seriedade dessas situações e procure os educadores envolvidos, caso sinta que a vítima está sofrendo. É importante estar atento, também, para a possibilidade do seu filho ser quem está provocando tamanho sofrimento a outros colegas.

Incentive a individualidade e independência

Todos os pontos que discutimos até agora se tornam mais fáceis de serem resolvidos ou debatidos quando os pais incentivam a individualidade e independência de seus filhos. À medida que as crianças são estimuladas a tomarem suas próprias decisões, elas têm mais chances de enfrentar e discernir entre diversas situações.

Atitudes como escolher boas amizades, conversar abertamente e identificar agressores de bullying acontecem de maneira mais espontânea quando as crianças se sentem mais empoderadas. Procure estimular essas características e se surpreenda com os resultados.

A influência de amigos da infância tem o potencial de impactar não somente o desenvolvimento do caráter e individualidade da criança, mas também a autoestima e as perspectivas de como ela encara as situações.

O diálogo sincero associado ao conhecimento das amizades que a criança cultiva ao longo dos anos pode ser fundamental para identificar influências negativas.

Se você achou interessante nosso conteúdo sobre influência de amigos na infância, siga nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de outros assuntos relacionados à saúde mental das crianças! Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube e Twitter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planos de Saúde

CARE PLUS
SBC Saúde
Amil
Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
ABRASA
Ver todos