Publicado em Deixe um comentário

Poppers: efeitos e principais sintomas do uso da droga

Os poppers são drogas inaláveis, que têm efeitos praticamente instantâneos nos usuários. A ação da substância no organismo é rápida, por isso, quem faz uso dos poppers sente a necessidade de consumir cada vez maiores quantidades.

Por ser usado em excesso, o estimulante é tão prejudicial à saúde quanto uma droga considerada mais potente. Atualmente, os poppers circulam com mais facilidade em festas e raves, podendo ser um problema para o uso de drogas na juventude.

É muito importante se informar bem sobre o assunto, para evitar problemas mais graves associados ao uso da droga. Neste post, o psicólogo Antonio Chaves Filho, listou informações importantes sobre os poppers, os efeitos causados no organismo, a comercialização da substância, como descobrir a utilização dos poppers em casa e como buscar ajuda. Acompanhe!

O que são os poppers?

Os poppers são um tipo de droga que vem cada vez mais sendo consumida entre os jovens e adolescentes. Essa substancia também é conhecida como a droga do amor por ter o poder de intensificar o prazer sexual, promovendo um relaxamento maior.

Esses estimulantes foram descobertos no século XIX e eram usados, inicialmente, para a angina do coração — dor semelhante ao infarto, mas que acontece ao fazer atividade física, por exemplo. A principal função dessas substâncias é relaxar a musculatura lisa do organismo. Essa musculatura está presente em várias regiões: no intestino, nos vasos sanguíneos e na região dos órgãos genitais.

Por ser uma droga liquida e volátil — se transforma na forma gasosa rapidamente —, seu efeito começa em segundos e dura alguns minutos. Apesar de não causar dependência física, vários estudos mostram que as pessoas adquirem dependência psicológica. Isso significa que os usuários dos poppers só conseguem obter gratificação sexual ao consumir o estimulante.

Como a droga provoca o relaxamento da região pélvica e do ânus, ela é muito utilizada pelas pessoas que praticam o sexo anal. Os poppers promovem um aumento do desejo sexual, permitindo uma relação anal sem dor. Normalmente, esse estimulante é mais usado por homens que fazem sexo com homens — podendo ser utilizado, também, por qualquer grupo de pessoas, independentemente da orientação sexual.

Quais são os efeitos da droga?

Por parecer uma química leve e de efeitos rápidos no corpo, os usuários imaginam que a consequência das drogas não é tão impactante para a saúde, mas os nitritos — grupo ao qual os poppers pertencem — não foram desenvolvidos para serem consumidos com fins recreativos. Muito pelo contrário: todos os compostos químicos usados na fabricação do entorpecente são considerados altamente prejudiciais à saúde humana.

A droga tem efeitos diretos na musculatura e nos vasos sanguíneos, que podem causar vários prejuízos ao organismo. Além disso, podem aparecer danos cerebrais ou oculares, levando o usuário a complicações muito graves. Os efeitos mais recorrentes são:

  • tonturas;
  • sensações quentes pelo corpo;
  • dores de cabeça;
  • reações respiratórias;
  • reações alérgicas;
  • pressão nos olhos;
  • aumento do prazer sexual.

Além dos efeitos físicos, o usuário, em função da euforia sentida, pode estar mais propenso a praticar atividades sexuais de risco. Isso pode aumentar as chances da pessoa contrair Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Além disso, há o risco do usuário misturar os poppers com outras substâncias, que podem potencializar os efeitos adversos da droga.

Outra questão é que os poppers podem causar a diminuição da pressão arterial, pelo fato de dilatarem os vasos sanguíneos. Assim, o usuário pode ter taquicardia, hipotensão e metahemoglobinemia — uma alteração da conformação da hemoglobina no sangue. O uso de poppers associado ao viagra pode causar uma hipotensão grave, levando o usuário a óbito.

Poppers são proibidos no Brasil?

Os poppers são facilmente encontrados nas sex shops, na Internet e nos sites de relacionamento, mas sua venda é proibida aqui no Brasil, assim como em outros países — como na Holanda. O problema é que os nitritos voláteis são comercializados com outras opções de uso: como incenso líquido e como aromatizadores de ambientes.

Além dessas outras alternativas de uso, essa substância é uma droga de rua, sendo consumida por usuários muito específicos — portanto, não se tem muita informação sobre seus riscos para a saúde.

Como descobrir o uso de poppers em casa?

Devido ao acesso fácil à droga, as famílias precisam ficar atentas em relação a jovens e adolescentes. Além disso, o uso desse tipo de droga é mais complicado de ser descoberto, em razão do seu efeito rápido. Por esse motivo, descobrir o consumo, até mesmo dentro de casa, é muito difícil.

É importante que haja muito diálogo entre pais e filhos, pois a troca de informações pode ser o melhor caminho de prevenção contra as drogas. Outra medida importante é os pais levarem e buscarem seus filhos em locais de festas — com o objetivo de detectar uma possível alteração do estado de ânimo do jovem.

Como buscar ajuda profissional?

Se você faz uso frequente dessas substâncias químicas ou notou que um familiar/amigo está abusando das drogas, saiba que é possível buscar ajuda e encontrar o melhor tratamento.

A dependência química é definida como uma disfunção mental, que precisa de tratamento psiquiátrico. A intervenção deve ser realizada em instituições preparadas para lidar com esses tipos de transtornos.

O Hospital Santa Mônica oferece todos os recursos da psiquiatria moderna aliada a uma equipe multidisciplinar preparada para tratar pacientes e promover o bem-estar de suas famílias e amigos. Com mais de 52 anos de história, o hospital se especializou e se tornou referência no tratamento de pacientes com transtornos mentais como depressão, transtorno de ansiedade, de personalidade, entre outros.

O Hospital Santa Mônica conta com toda a estrutura para internações, tratamentos e prevenção à recaída do dependente químico. Além disso, oferece um programa de reinserção do indivíduo na sociedade, proporcionando condições para que o paciente construa um estilo de vida livre das drogas, com mais bem-estar e melhor qualidade de vida.

Se você está passando por situações de dependência química ou conhece alguém que precisa de ajuda profissional, saiba que o Hospital Santa Mônica pode ajudar. Entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nossas redes sociais