Publicado em Deixe um comentário

Passando por uma crise existencial? Saiba como buscar ajuda

Em vários momentos da vida, podem haver situações de extrema dificuldade na área psicológica. A crise existencial é um momento de angústia e de questões, mas é possível passar por essa fase com um bom aprendizado. A jornada é longa, mas há boas alternativas para recuperar a saúde e restaurar a qualidade de vida.

O que pode tornar a situação mais complexa é o uso de drogas ou o consumo de álcool para tentar lidar com a crise existencial, o que acaba agravando a situação e prejudicando a família. Mas há como buscar apoio e melhorar essas questões. Entenda mais sobre o tema neste artigo que contou com a colaboração da Dra. Luciana Mancini Bari, coordenadora médica do Hospital Santa Mônica!

O que é uma crise existencial?

A crise existencial é um momento de questionamento sobre vários aspectos da vida, como a própria existência, o lugar no mundo, a função nos contextos em que você se envolve, o propósito da vida e o motivo de estar aqui. A pessoa faz uma certa revisão da vida, repleta de dúvidas, angústias e incertezas.

Muitos passam por esses momentos quando se encontram muito distantes de uma forma de vida que condiz com sonhos, desejos, limites e potencialidades que caracterizam sua individualidade. Basicamente, é como se você se afastasse daquilo que mais preenche. Por isso, na crise existencial, a sensação de vazio é tão constante.

Pode ocorrer um sentimento de constante insatisfação e tristeza, mas sem conseguir identificar claramente qual é o problema. Um trabalho terapêutico dessas questões costuma gerar um grande movimento em direção a uma vida mais satisfatória e coerente com os próprios limites e valores.

O que pode causar uma crise existencial?

Acontecimentos importantes, como mortes de entes queridos, formatura, fim de relacionamento, acidentes e perda de emprego são alguns exemplos de fatos que podem desencadear crises existenciais. 

A crise existencial tende a ser uma situação que pode mostrar que você não está vivendo de acordo com seu eixo, sua verdade interna. No final da adolescência, por exemplo, esse quadro pode acontecer como uma consolidação dos principais limites e valores, depois de alguma grande decepção ou fato desencadeador.

Porém, essa questão acontece também, por exemplo, em uma situação mais prolongada, como quando se segue uma carreira completamente distinta do que desejava para ir por um caminho que destoa muito da própria verdade interna, focado somente em dinheiro e em status. Em algum momento, sinais de vazio e de insatisfação podem aparecer e aumentar progressivamente, até eclodirem como uma crise.

Em que fase da vida as crises existenciais costumam ocorrer?

A crise existencial pode ocorrer, por exemplo, em marcos de idade, como a chegada aos 30, 40, 50 anos. Durante e no final da adolescência, esse quadro também pode acontecer. Datas comemorativas costumam igualmente desencadear em crises, como é o caso da depressão em idosos no final do ano.

Em aniversários de morte de entes queridos, é comum haver angústia e sensação de vazio, pela revivência de sentimentos de luto e pela ativação de recordações. A morte de alguém próximo leva a um questionamento da própria finitude e à percepção de que nosso tempo e nossas experiências são limitados, bem como que as pessoas não são eternas.

Esses sentimentos tendem a passar com o tempo, mas, se persistirem de forma considerável, é importante procurar ajuda profissional. O apoio contribui na elaboração do luto.

O que fazer diante de uma crise existencial?

Diante de uma crise existencial, é possível tomar algumas atitudes para passar melhor por esse momento ou para ajudar alguém que está vivendo essa questão. Veja a seguir!

Mantenha proximidade com as amizades

As amizades são importantes em todos os momentos da vida. As pessoas precisam conversar, trocar ideias, se distrair. Amigos também são uma ótima possibilidade para falar sobre as dificuldades, entender que os outros também têm problemas e de renovar o repertório de ideias.

Muitas vezes, a pessoa em crise fica tão presa naquilo e em não encontrar as palavras certas para falar que entra em sensação de grande angústia e solidão. Os amigos ajudam nesses momentos, proporcionando conforto, oportunidades de conversas interessantes e apoio com alguma dificuldade.

Pratique atividade física

A atividade física ajuda na promoção da sensação de bem-estar, pois permite ter uma relação melhor com o próprio corpo, além de permitir a superação de limites.

Os exercícios são ótimos para colocar a energia para circular, aliviar a tensão e lidar com sentimentos como raiva e ansiedade. Lembre-se de que o esporte escolhido deve ser algo de que a pessoa gosta, para ser incorporado na rotina de forma positiva.

Compreenda que a família ajuda como dá conta 

A família ajuda como dá conta, e isso significa entender também que a crise existencial de um filho ou parente, por exemplo, não é uma questão de achar culpados.

As pessoas são responsáveis por suas escolhas e vivem dificuldades em alguns momentos. A crise existencial ou a presença de sintomas psiquiátricos não representam falhas ou fracassos dos pais. O olhar deve ser em direção a como tratar e promover uma vida melhor para o paciente.

Quais são as implicações relacionadas à depressão e ao uso de álcool e drogas?

Álcool e drogas oferecem alívio temporário, mas envolvem um preço alto a longo prazo: geram adoecimento e tornam-se vícios. Os sintomas do alcoolismo podem ser um indicativo de que a situação já está saindo do controle. 

Muitas vezes, o que acontece é que há depressão ou transtorno de personalidade, e o sujeito usa a bebida e as drogas como válvula de escape. Isso não só não resolve a situação, como traz uma série de problemas. O ideal é procurar ajuda profissional.

Encare a crise existencial como um trabalho que vai ajudar a criar soluções para o que precisa ser melhorado e a achar uma direção. A angústia é dolorosa, mas ela nos movimenta. De toda forma, é muito importante procurar ajuda profissional para a elaboração das questões e a construção de estratégias e alternativas para lidar com os problemas da vida.

Precisa de apoio com uma crise existencial? Entre em contato com o Hospital Santa Mônica e saiba como podemos ajudar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nossas redes sociais