Publicado em Deixe um comentário

Janeiro Branco: por que, mais do que nunca, devemos atentar no bem-estar emocional?

A campanha Janeiro Branco foi idealizada para o primeiro mês do ano a fim de aproveitar esse momento de reflexão e de planejamento atrelado à simbologia de recomeço. Assim, o principal objetivo da campanha é discutir a relevância da saúde mental e do cuidado com as emoções.

Nessa perspectiva, vamos explicar o que significa Janeiro Branco e a relevância da campanha para estimular a conscientização da sociedade quanto à saúde mental e o bem-estar emocional. Veja, então, por que é fundamental atentar nesses cuidados, principalmente no cenário atual de pandemia que estamos vivenciando.

Aproveite a leitura!

O que significa o Janeiro Branco?

Assim como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, que estimulam a conscientização da prevenção do câncer de mama e de próstata, respectivamente, o Janeiro Branco surgiu com objetivos semelhantes. A meta dessa campanha é estimular a compreensão de que, igual ao físico, a mente também requer cuidados especiais.

Colocar esse tema em evidência e gerar uma abordagem mais direta, que estimule a conscientização sobre a importância de prevenir os danos emocionais são algumas das propostas do Janeiro Branco. A falta de atenção com a saúde mental influencia o aparecimento de outros males físicos e psicológicos.

A escolha de janeiro foi uma estratégia para chamar a atenção, logo no começo do ano, para os motivos frustrantes de não ter conseguido cumprir alguma meta no ano finalizado. Sensações típicas de final de ano podem impactar decisões precipitadas e gerar preocupações e ansiedade excessiva por não saber lidar com certas situações.

Portanto, o Janeiro Branco alerta para a importância de começar esse novo ciclo de forma mais saudável e tranquila. Cuidar das emoções deve ser o primeiro objetivo para o ano que se inicia, já que todas as outras conquistas dependem de estabilidade psicológica. Um efetivo controle emocional é a chave para alcançar uma vida plena e cheia de realizações.

Quais são os objetivos da campanha Janeiro Branco?

Listamos os objetivos mais relevantes dessa campanha. Confira!

Explorar a simbologia do mês de janeiro

Para começar, um dos pontos cruciais é fomentar o diálogo e incentivar discussões mais abertas sobre a importância da saúde mental. Ou seja, uma das propostas de tal campanha é explorar a simbologia de janeiro — em relação à oportunidade de um recomeço — a fim de motivar reflexões a respeito da necessidade de conversar sobre saúde mental.

Quebrar paradigmas

Estabelecer o mês de janeiro para efetivar ações mais específicas acerca desse tema é fundamental para romper paradigmas. É necessário promover debates sobre tabus e preconceitos que ainda existem sobre os tratamentos psiquiátricos. Saber lidar com tais questões estimula a busca de soluções e reduz os desajustes que a ausência de tratamento adequado provoca.

Fomentar uma cultura voltada para a saúde mental

Trabalhar a educação preventiva e contribuir para a formação de ideias que valorizem a saúde mental é um dos objetivos centrais da campanha. Isso também ajuda na promoção do autocuidado entre as pessoas que precisam de intervenção profissional, principalmente em relação às redes sociais e saúde mental no contexto da quarentena.

Por que atentar nos cuidados com a saúde mental?

Em 2020, o tema oficial da campanha Janeiro Branco foi “Precisamos falar sobre saúde mental”. Pelos impactos causados pela pandemia do novo coronavírus, essa abordagem é muito pertinente ao cenário atual. Tais desafios exigem maior atenção à saúde mental no âmbito profissional, pessoal e escolar, sobretudo em relação à saúde mental dos alunos.

No universo corporativo, questões emocionais afetam diretamente a produtividade dos trabalhadores e são causas recorrentes de afastamentos. Além disso, doenças ligadas à mente têm se configurado na lista das que levam ao requerimento de auxílio-doença ou à aposentadoria por invalidez, nos casos mais extremos.

A maioria das desordens mentais estão ligadas à carga da depressão, estresse e ansiedade. E isso, em caráter global, pois a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que os números de depressão no mundo giram em torno de 300 milhões. O problema são as implicações da doença, porque há relação direta da depressão com o desenvolvimento de diversas enfermidades crônicas.

Conforme a cartilha da OMS sobre depressão e outras desordens mentais comuns, há intrínseca associação entre essa doença e o desenvolvimento de problemas psíquicos mais graves. Uma das preocupações é a influência das crises depressivas sobre ideações suicidas ou atos concretizados: o suicídio é a segunda principal causa global de óbitos entre jovens de 15 a 29 anos, apontam os dados da OMS.

Por aqui, o panorama da saúde mental é preocupante, uma vez que o suicídio entre jovens brasileiros é a quarta maior causa de morte. Além da depressão, o alcoolismo, isolamento social, perdas recentes, traumas de infância e dependência química também impactam a saúde mental e são razões para justificar a relevância do Janeiro Branco.

Como contribuir para a promoção da saúde mental da família e dos amigos?

A promoção da saúde mental passa pela compreensão de que a estabilidade emocional é tão importante quanto à física. O equilíbrio das funções do organismo humano está associado à perspectiva biológica e psicológica. Por isso, a adoção de hábitos saudáveis afeta tanto o bem-estar do corpo quanto o da mente.

Sob essa ótica, observe algumas práticas que podem contribuir para melhorar a qualidade de vida e promover a saúde mental:

  • afaste-se de situações que gerem emoções negativas;
  • separe um tempo para curtir a vida e aproveitar o que ela oferece de melhor;
  • valorize a convivência social e viva intensamente os bons momentos em família;
  • pratique atividade física, tenha uma dieta saudável e cuide da qualidade do sono;
  • mesmo durante o período de quarentena, não se esqueça de dar atenção aos amigos e aos familiares.

Por fim, vale ressaltar a relevância de campanhas preventivas e informativas como a do Janeiro Branco para a proteção da saúde mental. Mediante isso, se precisar de ajuda, não tenha vergonha de procurar atenção especializada em saúde mental. Conte com o suporte do Hospital Santa Mônica, instituição referência no tratamento de transtornos mentais.

Necessita de ajuda nesse sentido? Entre em contato conosco e conheça nossos tratamentos especializados em saúde mental!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *