TJ e Seds discutem implantação de centro para dependentes químicos - Hospital Santa Mônica

O presidente em exercício do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), Tutmés Airan, e o secretário de Defesa Social, coronel Dario Cesar, discutiram, em reunião nesta quinta-feira, detalhes da implantação de um centro para tratamento de dependentes químicos em privação de liberdade, no município de Passo de Camaragibe.

O projeto-piloto está vinculado às ações do programa Começar de Novo, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e terá capacidade inicial de acolhimento de 25 detentos, embora sua estrutura permita, num segundo momento, a absorção de mais 25 reeducandos em situação crônica de dependência química.

“No sistema prisional alagoano, essas pessoas nem sempre têm a chance de recuperação. A proposta nossa é que alguns reeducandos possam cumprir sua pena, mas em espaço diferenciado e onde seja possível se qualificar e vencer a dependência química através do trabalho”, explicou o desembargador.

Oficinas de trabalho, salas de aula para qualificação educacional e profissional, e espaço de lazer fazem parte da estrutura do projeto, sob coordenação do desembargador. “A ideia é que parte da produção de alimentos, por exemplo, seja comercializada em Maceió”, reforçou Tutmés.

Sensível à necessidade de oferta de tratamento a reeducandos em situação de dependência química, o secretário ratificou a importância do projeto. “Com a possibilidade de tratamento, o reeducando recupera a chance de reinserção na sociedade alagoana”, comentou o secretário. Dario Cesar também confirmou intenção de oficializar apoio ao projeto.

Eis a razão pela qual técnicos da Secretaria de Defesa Social (SDS) se reunirão com assessores do presidente em exercício para discutir meios de oficialização da parceria, necessária à viabilidade do centro de recuperação. Tutmés também expôs o projeto a representantes de outras secretarias do Poder Executivo.

“A sociedade precisa encontrar alternativas aos que querem se livrar da dependência química”, pontou o desembargador, que já expôs sua iniciativa à Associação Alagoana de Magistrados (Almagis).

Planos de Saúde

Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed Federal
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
Fusex
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
Aeronáutica
ABRASA
ABET
Ver todos
Consulta e Internação 24h