Publicado em Deixe um comentário

São Paulo possui mais de mil leitos para dependentes químicos

O Estado de São Paulo possui 1.024 leitos destinados ao tratamento de dependentes químicos. Na última semana, o Governo entregou mais 20 leitos voltados a este tratamento no Hospital Universitário São Francisco, em Bragança Paulista. Dez já são disponibilizados imediatamente, e mais dez, até o final do próximo mês. Destinadas para adultos, as 20 vagas serão custeadas integralmente pelo Estado. “Com esses 20 leitos, nós chegamos a 1024 leitos para álcool e drogas no Estado de São Paulo”, destacou o governador Geraldo Alckmin. Em dois anos a rede de internação do SUS (Sistema Único de Saúde) paulista dobrou. A meta é que até 2014, o Estado conte com 1,3 mil leitos.

No início de 2011, eram 482 leitos. Os pacientes serão atendidos em grupos semanais por equipes multiprofissionais compostas por assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, enfermeira e psiquiatra. Também serão realizados grupos operativos e psicoeducacional e de atendimento familiar. Os internos também terão atividades físicas diárias, como aeróbica, alongamento, aulas práticas na quadra de esportes, além da realização de festivais esportivos.

Nas oficinas terapêuticas, poderão desenvolver atividades de acordo com sua compreensão e habilidades, como trabalho em madeira ou materiais recicláveis, decoupage, mosaico, pintura, cordas, crochê, costura, bordado e pinturas em tecidos. O Hospital Universitário recebeu investimentos de R$ 200 mil em obras de reforma e adaptação dos leitos, além de R$ 1,5 milhão para custeio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *