Publicado em Deixe um comentário

Jovens góticos com maior tendência para problemas psiquiátricos

Vestem-se de preto, usam maquilhagem carregada em tons escuros e ouvem música com letras obscuras e melancólicas. Estas são as principais características dos jovens góticos, estilo que foi agora alvo de um estudo por parte da Universidade de Oxford. Para a investigação, foram analisados 3694 jovens com 15 anos, residentes em Bristol (no Reino Unido).

Em 2007, estes jovens tiveram que se identificar com um estilo: desportivo, popular, skater, introvertido ou gótico. Passados três anos, foram submetidos a testes para avaliar os riscos psiquiátricos que poderiam padecer. Conta o site Health que os investigadores concluíram que os adolescentes que seguem as tendências góticas têm uma maior tendência para problemas psiquiátricos, depressão e autoflagelo psicológico e físico, incluindo a automutilação.

A tendência era três vezes maior quando comparada com os restantes participantes no estudo. Mas não são apenas os adolescentes góticos que correm maiores riscos de problemas psiquiátricos, os skaters e os introvertidos mostraram-se também propensos, mas em níveis menores. Os desportistas revelaram ter menos tendência para depressão ou autocastigo.

Embora os dados sejam claros, a mentora do estudo, Lucy Bowes, não quer criar uma relação direta entre o estilo gótico e a depressão e automutilação, quer apenas alertar para a tendência destes jovens de se afastarem da sociedade e apresentarem mais dificuldades de interação, o que pode levar a consequências psicológicas.

“O nosso estudo não revela que ser gótico causa depressão ou automutilação”, diz Bowes, frisando que, contudo, os adeptos deste estilo estão mais vulneráveis, lê-se na Health.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *