Desintoxicação de cocaína: saiba como o corpo reage quando está livre da droga - Hospital Santa Mônica
Internação Temporária para o Período de Festas e FériasConheça o serviço
Hospita Santa Mônica

Olá, bem-vindo. Escolha um setor para falar conosco.

O processo de desintoxicação de cocaína não é uma jornada fácil. Se reconhecer a dependência já é algo que exige bastante trabalho, o diagnóstico correto e o tratamento também pedem paciência e persistência para um resultado efetivo.

O fácil acesso às drogas é um fator de complicação para livrar uma pessoa do vício. Segundo o Levantamento Global de Drogas (GDS, na sigla em inglês), comprar cocaína no Brasil só não é mais barato do que na Colômbia.

Dados de 2017 do relatório apontam que o grama de cocaína no Brasil custa R$ 32 (9,4 euros). No país vizinho, ele custa R$ 13 (3,5 euros).

Também de acordo com o levantamento, o Brasil é o país onde as pessoas mais procuram os serviços de emergência devido ao uso de cocaína.

A seguir, vamos compreender como o organismo de um dependente dessa droga reage à substância e como se dá o processo de desintoxicação.

Também vamos falar sobre algumas medidas após o tratamento que evitam recaídas e garantem uma vida plena para a pessoa que se recuperou da dependência.

Como a cocaína age no organismo?

A cocaína é uma droga recreativa que age no sistema nervoso do indivíduo. Ela pode ser aspirada ou injetada. Essa substância é classificada como estimulante, pois eleva os níveis de atividade do organismo, reduz a fadiga e ativa os sentidos, promovendo o chamado estado de alerta.

Esses primeiros efeitos acontecem em questão de segundos após o contato desse composto com o organismo. Geralmente, eles duram entre 30 e 40 minutos.

Em um segundo momento, após o uso, a cocaína provoca a sensação de depressão, tensão e vontade de consumir mais quantidades da droga.

A cocaína provoca pequenas lesões no cérebro de quem a consome. Por isso, no médio e no longo prazo, efeitos neurológicos mais intensos tendem a surgir e alguns danos podem ser irreversíveis. Eles podem ser:

  • cognitivos: perda da memória, perda da capacidade analítica, dificuldade de concentração;
  • físicos: dores de cabeça, falta de ar, desnutrição, destruição do septo nasal.

O consumo recorrente de cocaína faz com que o organismo se torne mais resistente a essa substância. Assim, à medida em que os efeitos de curto prazo duram menos, o dependente passa a querer usar cada vez mais droga para prolongar essas sensações.

Vale lembrar que o uso desse composto em grandes quantidades pode provocar uma overdose e até a morte do dependente químico. Nesses casos, a cocaína pode provocar arritmia, infarto, trombose, derrame cerebral (AVC) e insuficiência renal e cardíaca.

Resultados da desintoxicação

O processo de desintoxicação do organismo de um dependente químico não é simples. Restringir o consumo da droga não é recomendado e pode até oferecer risco à saúde da pessoa em casos mais graves.

Assim, durante essa fase, a ingestão dessa substância deve ocorrer em doses gradualmente menores até a completa desintoxicação.

Esse processo pode gerar alguns efeitos colaterais, como o aparecimento de sintomas que antes estavam mascarados pelo uso da substância.

Nesse sentido, depressão e outros transtornos mentais podem acometer um indivíduo em tratamento. Por isso, pode ser necessário administrar medicamentos para combatê-los.

Não é incomum que o tratamento de um dependente de cocaína exija a internação. Isso porque a desintoxicação demanda o auxílio de uma equipe multidisciplinar (formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, entre outros profissionais) e infraestrutura adequada.

Além disso, esse procedimento faz com que o dependente químico se afaste de situações que possam favorecer o consumo da droga.

Vale ressaltar que o objetivo principal desse tratamento é fazer com que o indivíduo volte ao convívio social livre das drogas.

O sucesso do tratamento vai depender da forma como o organismo do paciente reage à desintoxicação. Isso pode levar meses e até mesmo alguns anos, dependendo de sua disposição para se manter afastado do consumo de drogas.

Por isso, o principal passo para ajudar um dependente químico é fazer com que ele reconheça o vício e entenda a necessidade de buscar o tratamento adequado. Isso é fundamental para evitar recaídas após a desintoxicação.

O segundo passo, tão importante quanto o primeiro, é buscar ajuda médica especializada. Cada organismo reagirá de um modo diferente ao tratamento. Por isso, o diagnóstico correto do paciente permitirá um tratamento mais efetivo.

Somado a esses esforços, é preciso criar um ambiente em que o dependente se sinta seguro e confiante. O diálogo é fundamental para conscientizá-lo sobre sua situação e estimular a continuação do tratamento.

Esse contato será determinante para uma recuperação eficaz e para a qualidade de vida do paciente.

Pós-tratamento

Nesta etapa, o paciente já deve ser capaz de reconhecer as situações que o levaram ao vício e trabalhar ativamente para evitá-las. O indivíduo deve levar normalmente sua vida, sem o risco de voltar ao estado de dependência.

Por isso, terminada a fase de desintoxicação de cocaína, é necessário o acompanhamento médico periódico. O tratamento psicológico também é altamente recomendado nesses casos.

Frequentar um grupo de autoajuda pode ser útil para que a pessoa divida suas dores com outras na mesma situação.

O importante é que o paciente tenha em mente que o processo pelo qual ele passou requer uma mudança de estilo de vida.

O ideal é que ele se afaste do convívio com pessoas que consomem drogas de qualquer tipo para evitar o contato com essas substâncias.

Também é interessante que ele próprio identifique situações emocionais que o levaram à dependência da droga, como traumas ou insatisfações pessoais.

O combate a essas causas também requer um esforço contínuo e o apoio psicológico profissional é ideal para ajudar um paciente nessa situação.

Todos esses cuidados devem ser tomados por toda a vida da pessoa para evitar uma recaída. Consumir drogas após passar por um tratamento de desintoxicação tem um efeito ainda mais nocivo ao organismo de uma pessoa e pode até causar sua morte.

Agora que você sabe mais sobre o processo de desintoxicação de cocaína, pode avaliar melhor quais são passos necessários para pedir ajuda ou auxiliar um dependente químico. Entre em contato com nossos especialistas para buscar um tratamento adequado. Quanto mais rápido for o diagnósticos, mais chances há de uma recuperação eficaz.

48 respostas para “Desintoxicação de cocaína: saiba como o corpo reage quando está livre da droga”

  1. Depois de 2anos 5 meses e 2 dias , eu caí .
    Tudo aconteceu quando meu casamento acabou e eu aos poucos me afastei da igreja por motivos de trabalho… Aí ficou um vazio do tamanho de Deus ! Dia 5 de agosto de 2019 eu bebi um vinho e aí todo meu mundo desabou!
    O primeiro pensamento foi vai lá é só hj , e o hj dura até agora! Estou tentando resolver sozinho mas, sozinho eu não consigo. A sensação é de pura impotência! Tenho 33 anos e ainda tenho sonhos de uma vida de servidão. Nunca fiz mal a outra pessoa, apenas a mim mesmo . O compulsividade é algo que me acompanha desde de minha adolescência. Consigo eu me recuperar e ter uma vida? No aguardo de uma palavra amiga e motivadora.

    1. Olá, sozinho infelizmente será uma jornada longa, você precisa de ajuda, procure um psiquiatra que possa orientá-lo quando ao melhor tratamento, a fim que possa seguir os 12 Passos, mas de forma orientada! grande abraço

    2. Boa noite….. Volte correndo amigo para os braços do senhor e dele somente dele que vem a nossa força vc e novo demais tem Toda Uma vida Linda pela frente Toda chance de achar Uma pessoa maravilhosa ter filhos Uma familia abencoada…. Drogas so nos leva a destruiçao e tristesa da alma….
      Vc conhece a verdade entao volta correndo… Presisar de conversar estarei aqui

    3. Olá amanha dia 12/12 faço 26 anos e nunca me imaginei passar por uma dependência de droga alguma mas meu telhado era de vidro e hoje me encontro assim! Quem usa vai saber
      Resumo nao recomendo a ninguém é muito perigoso a cocaína e nao consigo me livrar sozinha mas como pedir ajuda? Logo eu? Nossa tenho vergonha dos familiares e me isolo, dores no corpo e indisposição pra tudo quando uso fico triste por decepcionar quem amo e sei que nao me levara a nada ,mas gente é complicado muito mesmo
      Portanto fiquem longe e tentem manter quem vcs amam distante disso é a destruição de sonhos uma máquina de fazer vilões frustrados e uma briza idiota ridícula que depois que vc tá nela dificil mesmo é parar
      Que Deus ajude quem precisa pois a fé eo amor do criador nesses dias ruins é tão fundamental quanto um copo de água em dias de sol quente
      Deus é bom não percamos a fé ♡

      1. Oi Jackeline tudo bem? já tentou seguir um tratamento? não fique sozinha e procure um tratamento para sair das drogas. Conte conosco!

  2. Gostaria de saber como faço para conseguir uma clinica de tratamento pois estou sofrendo com meu filho e ja estou perdendo as esperança porque nao tenho condições finaceira para o tratamentos

    1. Olá Sandriley, estamos à disposição você conhece o tratamento do HSM? veja em hospitalsantamonica.com.br/dependenciaquimica

  3. Meu nome é Cíntia e. Esprimetei cocaína 2014 depois de uma separação que apanhava muito ao separa tive que trabalhar pra cuidar da minha filha que hoje tem 14 anos mas eu não tinha constatimente o uso da substância por como toda vida tive deprecao no outro dia tinha medo de tudo e de todos mas hoje fico meses sem usa mas e criei um cidro do pânico onde morava e andar nas rua mudei de lugar fica muito tempo sem usar só que tem meses que não usava e acabei dando recaída pela as companhias e no outro dia fico ruim já tomo clonazepam pra dormir a 10 anos uso bombinha crônica pra broquite hoje me tranco dentro de casa comendo de tudo e de todos como que vencer essa desitoxcao gostaria de uma ajuda mas minha família não sabe tenho vergonha gostaria que me ajudasse com medicamento pra para de beber e usar essa coisa por quando não bebo não tenho vontade de usar hoje moro com meu tio e minha vó mas fico depreciva por motivo que estou longe da minha filha e meus pai já que estou já que fico muito tempo sem usar quero que me ajudar a sair mesmo não usar nunca mas e eu ficar mas calma e me sentir feliz e viver novamente a vida que tinha antes

    1. Olá Cintia, esperamos que esteja vem, você tem que procurar seguir uma terapia dos 12 Passos, passar com um psiquiatra e fazer acompanhamento e tratamento para os problemas mentais que menciona. Caso precise de ajuda, estamos à disposição

  4. Tenho problemas com cocaína,e estou tentando me afastar,mais parece que tudo copera para me manter próximo dela,não consigo me afastar de amigos e acaba ficando mais difícil combater essa vontade de usar,pq tenho amigos que à usam…tenho que ser radical ao extremo para me livrar de uma vez por todas dessa porcaria…..

    1. Olá Douglas entendemos, mas só com o afastamento desses amigos e a vontade de parar e orientação/acompanhamento profissional, seguindo os 12 Passos, é que você conseguirá, pense nisso!

    1. OLÁ Tiago, infelizmente não conseguimos te responder, porque precisa de uma avaliação do seu caso, pessoalmente, mas muitos conseguem voltar as suas atividades, veja alguns depoimentos no nosso site e no nosso canal do YOutube, abraço

  5. Olá. Muito interessante a matéria. Gostaria de ajudar uma pessoa próxima que de 6 em 6 meses tem recaídas fortes mas não sei por onde começar. Essa pessoa quer ser ajudada. O que posso fazer?

    1. Olá Karoline, o primeiro passo é procurar um especialista e agendar uma consulta, este profissional irá orientá-la adequadamente se a pessoa em questão poderá fazer tratamento ambulatorial ou precisará de internação!

  6. Eu sou usuária e quero muito muito mesmo me livrar não quero mais isso eu tenho 2 filhos lindos e 4 netos já.sinto vergonha disso.

  7. Bom dia
    Eu sou dependente de cocaína, não aguento mais ficar nessa situação. Quero ajuda preciso de ajuda

    1. Olá Maicon, esperamos que esteja bem, já solicitamos para a equipe entrar em contato com você, se preferir mandar a mensagem pelo whatsapp também ajuda, abraço e sucesso, o importante você já fez se conscientizou e procurou ajuda, parabéns!

  8. Estou a 25 dias limpo apos 13 anos de uso, psiquiatra receitou lorazepam, estou tomando 1 comprimido e meio por dia.. Por enquanto esta de boa tirando nariz entupido (devido cicatrização dos vasos), rinite que piorou e dores de cabeça as vezes. Mas a sensação de saber que conseguimos viver sem é estupenda!!! Viva la vida sem prisões mentais!!!

    1. Parabéns, você é um vencedor! 13 anos sem uso requer muita força de vontade e recuperação da autoestima.

    1. Olá Bruna, como podemos ajudá-la? quer mandar um whatsapp para o nosso time, falaremos com você direto 11 99534-4287

  9. Olá boa tarde eu usei cocaína tem 4 mês e passei esse tempo sem usar quando foi o último final de semana eu usei uma vez só aí daqui a um mês eu vou fazer exame toxicológico pra trabalhar em uma empresa só que tou tomando muita água suco de limão e suplementos de zinco se eu fizer o exame acusa ainda ? Daqui um mês ??

    1. Olá Jonathan depende muito do exame que você irá fazer, nossa orientação é que você procure um psiquiatra e siga a risca o tratamento, porque caso contrário, você terá cada vez mais problemas com o vício. Estamos à disposição.

  10. Eu usava cocaína só aos fins de semana sempre depois q bebia eu e meu esposo éramos bem de vida trabalhávamos para nós msmo até q chegou ao ponto de perder tudo q tínhamos tivemos q dar o carro em conta fazer imprestimos para pagar contas e assim foi ,até q um dia eu fui na igreja e disse para para o senhor q eu não queria mais viver nessa situação eu não tinha filhos pois eu tinha perdido o meu filho com seis meses de vida eu era vazia e buscava nas drogas a felicidade mais nunca encontrei e quando passava o efeito mais miserável eu me sentia, até que um dia eu aceitei jesus e dizia que eu não ia mais usar mais quando chegou o fim de semana me peguei usando outra vez arrependia e fazendo o mesmo assim. eu falei p o senhor q eu nunca nunca mais iria fazer aquilo novamente , me separei das minhas amizades q me levavam p esse caminho não bebi mais e fui curada não foi fácil mais mais sempre insistindo p q Deus me ajudasse a vencer ,encontrei a alegria e o alívio q meu coração presizava, jesus me deu uma nova vida … E se vc orar mesmo não sabendo se expressar e insistir e lutar vc vai vencer em nome de Jesus

    1. Olá Jéssica, agradecemos o seu depoimento, realmente precisa de muita fé e força de vontade, abraço,

    1. Olá Wallace, o mais importante é iniciar um tratamento e se internar para a desintoxicação e aprender a ter mais autoestima e seguir os 12 passos. Ficamos à disposição

  11. Não estou conseguindo me afasta da cocaína. Não sei o que faço. Me ajude por favor. Esse 12 passo.mandar pra mim

    1. Vlademir, infelizmente não é assim que funciona, você precisa fazer um tratamento para desintoxicação e terapia para entender o motivo que o levou as drogas, seguir os 12 passos é muito importante, mas o tratamento todo envolve muito mais, envolve a recuperação da sua autoestima. Abraço

  12. Eu so uso essa porcaria quando eu bebo o problema é que eu bebo quase todo dia queria parar de beber que assim eu não uso isso.
    Preciso de ajuda.

    1. Olá Sergio, você teria que se internar para fazer um desintoxicação e seguir um tratamento adequado com terapia, trabalho em grupo e seguir os 12 passos. Força!

  13. Meu nome é Anderson sou dependente de coacaina desde do.meu 17 anos tenho 42.
    Já parei e recai de novo.
    Não é fácil.se livrar desse vicio

    1. Olá Anderson, realmente precisa de muita força de vontade, descobrir o que o faz recair, seguir os 12 passos, e um tratamento que o faça ver que há algo maior do que as drogas na sua vida! Estamos à disposição, abraço

  14. Conheci um rapaz a um ano e três meses, descobri que ele e usuário de drogas cocaina, ele me confessou a verdade e disse que queria parar. Eu continuei com ele mais as minhas exigências era que ele afastasse das amizades que não se boa e ele afastou. Passei a mostrar pra ele quem era os amigos dele, porque os amigos dele dava pra ele uma quantia de droga pra ele buscar pra eles. Fui fazendo ele entender o perigo que corria e si ele parasse na cadeia ninguém ia nem lembra que ele existia, com o tempo ele passou a entender o perigo e que estava destruindo a vida dele e de outras famílias. Ele cuida muito bem da mãe que sofreu um AVC e perdeu o jogo de um lado do corpo. Aconteceu que um dia cheguei de surpresas na casa dele e senti um forte cheiro no quarto dele, foi maior decepção pra mim pois tinha meses que não usava drogas sei porque no início do relacionamento sentia um forte cheiro do cabelos e no corpo dele e fiz com que ele mesmo percebesse até que um dia ele mesmo sentisse mal com o próprio cheiro do corpo, percebi que o cheiro foi sumido, mais agora não sei o que faço pois descobrir que mesmo com tanta conversar ele teve recaídas, assume que usa, quer parar mudar de vida, agora que descobri a última recaída disse que esta com muita vergonha e com muito medo de me perder. Já perguntei si quer fazer um tratamento mais diz que não que é capaz de largar sozinho. Eu sei que é impossível. Não sei o que fazer, si largo ele ou não… gosto muito dele e sei que os esforços dele foi depois que apareço na vida dele. O que eu faço? ?? Não temos condições de pagar um tratamento.

    1. Olá Vanda, é muito difícil largar as drogas sozinho, o ideal seria que ele buscasse ajuda profissional, fizesse uma desintoxicação, tomasse as medicações, terapia, AA, e seguisse os 12 passos, assim ele estaria com mais força para seguir a determinação de parar o consumo. Por que não procura um CAPS e os Narcóticos Anônimos?

  15. Olá pessoal…fui usuário por 12 anos consecutivos…12 anos patinando na lama…Graças a Deus parei…Meu tratamento foi ficar em casa apenas com pessoas que me amam sem me estressar com nada…tipo férias mesmo porém sem sair de casa pra não correr o risco de recaída…quando me senti seguro voltei a vida social normalmente…fiquei 18 dias fechado em casa…Boa sorte a todos…Fé em Deus sempre…

    1. Olá André, ainda bem que você está bem. É um risco muito grande, sua atitude não é recomendada, o ideal é fazer o processo de desintoxicação internada e sob supervisão médica.

  16. Estou na luta pra vencer a cocaína. Exercícios, leitura, meditação e a maconha que me ajuda bastante também nas piores crises de abstinência, talvez eu fique dependente da maconha mas com toda absoluta certeza é dez vezes ou mais menos nociva que a maldita cocaína.

    1. Mateus, o ideal é fazer um tratamento adequado, a maconha é prejudicial a saúde, existem vários estudos, além disso ela pode dar início a esquizofrenia, para quem tem pré-disposição, cuidado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planos de Saúde

CARE PLUS
SBC Saúde
Amil
Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
ABRASA
Ver todos