Publicado em 64 comentários

Desintoxicação de cocaína: saiba como o corpo reage quando está livre da droga

Desintoxicação de Cocaína

O processo de desintoxicação de cocaína não é uma jornada fácil. Se reconhecer a dependência já é algo que exige bastante trabalho, o diagnóstico correto e o tratamento também pedem paciência e persistência para um resultado efetivo.

O fácil acesso às drogas é um fator de complicação para livrar uma pessoa do vício. Segundo o Levantamento Global de Drogas (GDS, na sigla em inglês), comprar cocaína no Brasil só não é mais barato do que na Colômbia.

Dados de 2017 do relatório apontam que o grama de cocaína no Brasil custa R$ 32 (9,4 euros). No país vizinho, ele custa R$ 13 (3,5 euros).

Também de acordo com o levantamento, o Brasil é o país onde as pessoas mais procuram os serviços de emergência devido ao uso de cocaína.

A seguir, vamos compreender como o organismo de um dependente dessa droga reage à substância e como se dá o processo de desintoxicação.

Também vamos falar sobre algumas medidas após o tratamento que evitam recaídas e garantem uma vida plena para a pessoa que se recuperou da dependência.

Como a cocaína age no organismo?

A cocaína é uma droga recreativa que age no sistema nervoso do indivíduo. Ela pode ser aspirada ou injetada. Essa substância é classificada como estimulante, pois eleva os níveis de atividade do organismo, reduz a fadiga e ativa os sentidos, promovendo o chamado estado de alerta.

Esses primeiros efeitos acontecem em questão de segundos após o contato desse composto com o organismo. Geralmente, eles duram entre 30 e 40 minutos.

Em um segundo momento, após o uso, a cocaína provoca a sensação de depressão, tensão e vontade de consumir mais quantidades da droga.

A cocaína provoca pequenas lesões no cérebro de quem a consome. Por isso, no médio e no longo prazo, efeitos neurológicos mais intensos tendem a surgir e alguns danos podem ser irreversíveis. Eles podem ser:

  • cognitivos: perda da memória, perda da capacidade analítica, dificuldade de concentração;
  • físicos: dores de cabeça, falta de ar, desnutrição, destruição do septo nasal.

O consumo recorrente de cocaína faz com que o organismo se torne mais resistente a essa substância. Assim, à medida em que os efeitos de curto prazo duram menos, o dependente passa a querer usar cada vez mais droga para prolongar essas sensações.

Vale lembrar que o uso desse composto em grandes quantidades pode provocar uma overdose e até a morte do dependente químico. Nesses casos, a cocaína pode provocar arritmia, infarto, trombose, derrame cerebral (AVC) e insuficiência renal e cardíaca.

Resultados da desintoxicação

O processo de desintoxicação do organismo de um dependente químico não é simples. Restringir o consumo da droga não é recomendado e pode até oferecer risco à saúde da pessoa em casos mais graves.

Assim, durante essa fase, a ingestão dessa substância deve ocorrer em doses gradualmente menores até a completa desintoxicação.

Esse processo pode gerar alguns efeitos colaterais, como o aparecimento de sintomas que antes estavam mascarados pelo uso da substância.

Nesse sentido, depressão e outros transtornos mentais podem acometer um indivíduo em tratamento. Por isso, pode ser necessário administrar medicamentos para combatê-los.

Não é incomum que o tratamento de um dependente de cocaína exija a internação. Isso porque a desintoxicação demanda o auxílio de uma equipe multidisciplinar (formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, entre outros profissionais) e infraestrutura adequada.

Além disso, esse procedimento faz com que o dependente químico se afaste de situações que possam favorecer o consumo da droga.

Vale ressaltar que o objetivo principal desse tratamento é fazer com que o indivíduo volte ao convívio social livre das drogas.

O sucesso do tratamento vai depender da forma como o organismo do paciente reage à desintoxicação. Isso pode levar meses e até mesmo alguns anos, dependendo de sua disposição para se manter afastado do consumo de drogas.

Por isso, o principal passo para ajudar um dependente químico é fazer com que ele reconheça o vício e entenda a necessidade de buscar o tratamento adequado. Isso é fundamental para evitar recaídas após a desintoxicação.

O segundo passo, tão importante quanto o primeiro, é buscar ajuda médica especializada. Cada organismo reagirá de um modo diferente ao tratamento. Por isso, o diagnóstico correto do paciente permitirá um tratamento mais efetivo.

Somado a esses esforços, é preciso criar um ambiente em que o dependente se sinta seguro e confiante. O diálogo é fundamental para conscientizá-lo sobre sua situação e estimular a continuação do tratamento.

Esse contato será determinante para uma recuperação eficaz e para a qualidade de vida do paciente.

Pós-tratamento

Nesta etapa, o paciente já deve ser capaz de reconhecer as situações que o levaram ao vício e trabalhar ativamente para evitá-las. O indivíduo deve levar normalmente sua vida, sem o risco de voltar ao estado de dependência.

Por isso, terminada a fase de desintoxicação de cocaína, é necessário o acompanhamento médico periódico. O tratamento psicológico também é altamente recomendado nesses casos.

Frequentar um grupo de autoajuda pode ser útil para que a pessoa divida suas dores com outras na mesma situação.

O importante é que o paciente tenha em mente que o processo pelo qual ele passou requer uma mudança de estilo de vida.

O ideal é que ele se afaste do convívio com pessoas que consomem drogas de qualquer tipo para evitar o contato com essas substâncias.

Também é interessante que ele próprio identifique situações emocionais que o levaram à dependência da droga, como traumas ou insatisfações pessoais.

O combate a essas causas também requer um esforço contínuo e o apoio psicológico profissional é ideal para ajudar um paciente nessa situação.

Todos esses cuidados devem ser tomados por toda a vida da pessoa para evitar uma recaída. Consumir drogas após passar por um tratamento de desintoxicação tem um efeito ainda mais nocivo ao organismo de uma pessoa e pode até causar sua morte.

Agora que você sabe mais sobre o processo de desintoxicação de cocaína, pode avaliar melhor quais são passos necessários para pedir ajuda ou auxiliar um dependente químico. Entre em contato com nossos especialistas para buscar um tratamento adequado. Quanto mais rápido for o diagnósticos, mais chances há de uma recuperação eficaz.

64 comentários sobre “Desintoxicação de cocaína: saiba como o corpo reage quando está livre da droga

  1. Quero qjuda

    1. Olá Joziane, pode passar seu contato?

        1. Olá Felipe, vamos entrar em contato, abraço

    2. Meu filho de 25 e usuário,Tenho vivido dias difíceis,preciso ajudar ele a sair dessa vida!!
      E preciso de ajuda?

      1. Olá Rosana, podemos ajudar? passe seu telefone via contato@hospitalsantamonica.com.br

  2. Preciso urgente de ajuda psicológica e médica

    1. Olá Patrícia, você pode agendar uma conta pelo telefone 11 98500-3238

  3. Quero ajuda . 044984185635

    1. Olá Bruno entraremos em contato, abraço

  4. Preciso de ajuda

    1. Olá Camila entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-428

    1. Olá Gabriel entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-428

  5. Q̸u̸e̸r̸o̸ a̸j̸u̸d̸a̸

    1. OLÁ entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-428

  6. Qro ajuda 17988068028

    1. Vamos entrar em contato, abraço

  7. Preciso urgente de ajuda

    1. Olá Nuno, entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-428

  8. Quero muito me livrar desse vício maldito não aguento mais eu consigo ficar dias sem até dei um tempo mas como.eu voltei a fumar e me aproximei de gente que fazia dei um de novo e não consigo parar mais eu não aguento mais essa vida

    1. Olá Juliana entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-4287

    1. Olá Juliana, entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-4287

  9. Maior sofrimento da minha vida

  10. Quero parar com essa droga maldita.nessecito de ajuda

    1. OLá Gilberto, entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-4287

  11. Preciso de ajusa

    1. Olá Cristiano, entre em contato conosco (011) 99667-7454 (011) 99534-4287

  12. Olá eu preciso muito de ajuda, já tentei parar várias vezes mas não consigo!

    1. Olá Fábio entre em contato conosco (011) 99667-7454
      (011) 99534-4287

  13. Olá eu preciso muito de ajuda, já tentei parar várias vezes mas não consigo!

    1. Olá Fábio ligue para a nossa equipe (011) 99667-7454
      (011) 99534-4287

  14. Preciso de ajuda

    1. Olá Lucas ligue para (011) 99534-4287 que daremos todas as orientações para você, abraço

  15. Olá, preciso de ajuda!

    1. Olá Fabiane, ligue para (011) 99534-4287 para que possamos orientá-la abraço

  16. usei cocaina uma UNICA VEZ ha 7 meses,na rinoplastia aparece algum rastro da drona nas narinas?? me ajudem

    1. Olá Nicole, se foi 1 vez há 7 meses provavelmente não.

  17. Eu tô numa merda queria larga essa droga e volta a viver me sinto incapaz de qualquer coisa ouço vozes não tô me dando bem com minha família e estou MT triste pós n tenho ninguém pra me ajudar ou se importa pq eu tenho força já fiquei vários dias sem mais a depressão smp me usa de volta pra fazer isso eu estou doente preciso de ajuda pelo amor de deus eu tô pedindo socorro

    1. Olá Gilberto, você pode passar por uma avaliação médica e se for o caso ele pode indicar a internação, mais informações (011) 99534-4287

  18. Meu esposo usou cocaína dês de dois mil e oito parou em janeiro de 2020 mudou totalmente,seu comportamento porque eu conhecia quando estava sobre o efeito da droga mais ficou muito nervoso ninguém pode falar nada que ele fica muito auterado isso está me deixando comedo me ajude

    1. Olá Marluce o ideal seria agendar uma consulta para uma avaliação médica sobre o tratamento que ele fez, medicamentos que toma, ligue para 11 98500-3238 nossa Clínica, abraço

  19. Meu esposo usou cocaína dês de dois mil e oito parou em janeiro de 2020 mais agora ele é uma pessoa muito nervoso porque usava cocaína

    1. Olá Heitor, ligue para (011) 99534-4287 ou vá para o hospital e passe por uma avaliação para ver se é o caso de internação, abraço

  20. Olá, eu gostaria de saber mais a respeito da desintoxicação!

    1. Olá Rogers você pode ligar para (011) 99534-4287 ou passar seu contato que ligaremos para você, abraço,

  21. quero ajuda sem minha familia sabe

    1. Olá Felipe, lógico, entre em contato conosco pelo telefone (011) 99534-4287 ou enviaremos uma mensagem para você, abraço

  22. qeuro ajuda
    47988112090

    1. Olá Henrique estamos entrando em contato, abraço

  23. eu fui usuário de cocaína nos períodos de 2009 até 2019 é uma trajetória difícil mas graças a Deus estou limpo ,e gostaria de ser voluntário e aconselhar quem precisa de ajuda
    Grato

    1. Olá Henrique mande um email para contato@hospitalsantamonica.com.br que encaminho para a coordenação abraço

  24. senhores preciso de ajuda meu marido voltou a usa cocaina,
    enquanto era só maconha estava mais ou menos,.
    Afinal não gostaria que usasse nada,

    1. Olá Marlene, estamos entrando em contato pelo seu email, caso deseje ficamos à disposição pelos telefones (011) 99667-7454
      (011) 99534-4287

  25. Nao vou dizer meu nome mas eu usei cocaina por 5 anos, e chegou um momento em que eu nem comia mais, so usava eu tomava 1 caixinha de cerveja por noite e passava a noite inteira usando, de manha mau conseguia levantar para trabalhar, vivia irritado louco pra voltar pra casa para usar. E comecei a tirar a droga da minha vida aos poucos, preenchendo o vazio q ela deixava com outras coisas como amigos atóxicos , me exercitar, beber menos alcool, hoje estou livre das drogas faz 2 anos q nao uso e nao sinto mais falta.

  26. olá preciso de ajuda 18 988238979

    1. Olá Bruno estamos entrando em contato com você.

  27. Meu marido precisa de ajuda, estou tentando tirar ele dessa vida de vício pela cocaina.

    1. Olá Joana, entre em contato conosco (011) 99667-7454 / (011) 99534-4287

  28. Ola preciso ajudar uma pessoa (69)9-9226-7510

    1. Olá Vamos entrar em contato, segue também nosso whastapp 11 99534-4287

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas redes sociais