Atividade física durante o tratamento de dependência química - Hospital Santa Mônica

Nada que é imposto a um indivíduo terá um impacto benéfico. Por isso, apresentar um esporte para uma pessoa que está passando por um problema social, como é o caso do uso das drogas, deve ser discreto, natural e sem cobranças. Sendo assim, nada de trancar o usuário ou o paciente em tratamento numa academia ou em algum clube. Tudo deve ser muito espontâneo para que o resultado desejado seja alcançado.

Segundo a coordenadora do Núcleo de psicologia do esporte e atividade física do Centro de práticas esportivas (NUPSEA) da USP, Profª Me. Eliane Jany Barbanti, o exercício físico quando bem direcionado e embasado em parâmetros científicos, atua como um elo terapêutico importante por intervir no corpo do paciente durante todo o processo de recuperação da dependência química. Isso porque, as transformações pelas quais passa o físico têm relação direta com a autoestima melhorada, uma liberação durante e após os exercícios de substâncias responsáveis pela sensação de prazer assim como melhora o humor.

“Dependência química (DQ) provoca destruição no bem-estar emocional e físico. De um modo geral, aqueles que abusam das drogas tendem a negligenciar seus corpos e componentes importantes da saúde diariamente, inclusive alimentação adequada e exercícios essenciais, são deixados de lado. Parte do tratamento é reparar a ligação danificada entre corpo mente e investir nos aspectos físicos e psicológicos. No tratamento da dependência química o exercício serve para muitos propósitos, mas existem alguns benefícios principais, como o alívio e redução do estresse, a liberação de endorfinas, melhora no humor e aspecto social; que se pode derivar do exercício aeróbio e não aeróbio durante a recuperação e tratamento do abuso de substâncias”, lista Barbanti.

Em uma amostra, a coordenadora conseguiu identificar que a introdução da atividade física no tratamento do depende químico começa a surtir efeito entre dois a quatro meses após o seu início. É claro que a cura não é algo instantâneo. Pelo contrário, o processo é evolutivo e com o esporte a primeira mudança positiva naquele período já citado, é a melhora nos aspectos da qualidade de vida, como a capacidade funcional, o aspecto físico, a diminuição da dor, o estado geral, a vitalidade, a melhora do aspecto social e emocional e da saúde mental; desencadeando assim o afeto, a sociabilidade, uma melhora nos padrões de sono e no desempenho ocupacional.

A endorfina é eliminada durante o exercício aeróbico. O abuso de substâncias interfere na capacidade do organismo de produzir as substâncias químicas que nos permitem sentir prazer, felicidade e satisfação. Durante os exercícios aeróbicos são liberadas endorfinas naturais ao sistema, o corpo atinge sua capacidade de regular a química do seu próprio cérebro e o humor de forma saudável. Há vários tipos de exercícios aeróbicos, além daqueles realizados em nível de intensidade moderadamente alto por longo período de tempo. Sendo assim, é sugerido que o dependente químico pratique natação, corrida e ciclismo. Porém, o esporte mais indicado é aquele que agrada o paciente e o estimula emocionalmente, independente de qual for, desde ioga até basquete.

Assim, é importante dizer que o exercício aeróbico também pode e deve fazer parte do tratamento do dependente, uma vez que o mesmo é capaz de proporcionar uma melhora no humor geral da pessoa, proporciona autoconhecimento e melhora a autoestima, diminui os níveis de estresse, depressão e ansiedade e combate a fadiga e a perda de energia.

Planos de Saúde

Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed Federal
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
Fusex
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
Aeronáutica
ABRASA
ABET
Ver todos
Consulta e Internação 24h