Transtorno Disfórico Pré-menstrual (TPM) - Hospital Santa Mônica

Síndrome Pré-Menstrual (TPM) Muitas mulheres experimentam mudanças em seu corpo ou de humor antes de início do seu fluxo menstrual. Síndrome Pré-Menstrual (TPM) é o nome dado a um conjunto de sintomas físicos e emocionais que podem ocorrer nas duas semanas antes de uma mulher menstruar. Cerca de 20 a 40 por cento das mulheres experimentam os sintomas da TPM, enquanto 2 a 10 por cento relatam a interrupção das suas atividades diárias.

Quais são os sintomas da TPM?

Cada mulher pode apresentar sintomas diferentes que podem ser principalmente físicos, psicológicos ou ambos. Sintomas físicos comuns incluem o aumento dos seios, dores de cabeça, retenção de líquidos e uma sensação de estar inchada. Sintomas psicológicos comuns incluem fadiga, alterações de humor leve, irritabilidade, ansiedade e depressão. A severidade da TPM varia, algumas mulheres experimentam sintomas psicológicos graves que têm impacto sobre o seu funcionamento diário nas semanas que antecedem ao seu período.

Casos graves de TPM são, por vezes reconhecidos como Transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM), e, geralmente, apresentam sintomas graves de depressão, ansiedade e irritabilidade antes que a menstruação comece. Aproximadamente 2 – 10 por cento das mulheres menstruadas experimentam TDPM.

Quem pode ter TPM?

Os sintomas podem começar em qualquer idade depois que uma mulher começa a menstruar. No entanto, os sintomas não ocorrem quando uma mulher está grávida ou após a menopausa. Como a TPM é diagnosticada? Os sintomas são de transtornos de humor, tornando o diagnóstico difícil. O que distingue é o padrão característico dos seus sintomas; aparecendo no meio do ciclo (após a ovulação), piora nas semanas antes de um período, e desaparecendo durante a menstruação.

O que causa a TPM?

Recentemente, tem havido muita investigação sobre a base biológica e tratamento de TPM. No entanto, as causas exatas da TPM permanecem obscuras. Pensa-se que algumas mulheres podem ser mais sensíveis às alterações nos níveis hormonais que ocorrem na segunda metade do ciclo menstrual. Quais são as opções de tratamento para a TPM? Várias opções de tratamento têm sido defendidas para a TPM. Algumas mulheres são capazes de auto-administrar seus sintomas. Fazer mudanças de estilo de vida (exercícios regularmente, realizar uma dieta saudável, reduzir a ingestão de cafeína e álcool antes de um período) pode ajudar a aliviar os sintomas da TPM. Entender o problema é importante; permitindo que as mulheres antecipem o início dos sintomas e planejem uma estratégia de enfrentamento. Por exemplo, evitar o estresse ou fazer exercícios de relaxamento antes de um período. O seu médico pode recomendar tomar medicamentos para um controle mais efetivo.

Fonte: Hospital Santa Mônica e Mental Health Foundation

Planos de Saúde

Interclinicas do Brasil
Vale Saúde
Unimed Intercâmbio
Unimed Federal
Unimed CT Nacional
Unimed ABC
Transmontano
SulAmérica
Sompo
Sinpeem
Sepaco
Saúde Caixa
Santa Amália
Sabesprev
Prodesp (GAMA)
Prime Saúde
Prevent Sênior
Plan-Assiste (MP FEDERAL)
Panamed Saúde
Omint
NotreDame Intermédica
Nipomed
Metrus
Mediservice
Master Line
Mapfre Saúde
Life Empresarial
Intermédica
Green Line
Gama Saúde
Fusex
EMBRATEL
Economus
Correios / Postal Saúde
Caixa Econômica Federal
Bradesco Saúde
Banco Central
APCEF/SP
AMAFRESP
Alvorecer Saúde
Aeronáutica
ABRASA
ABET
Ver todos
Consulta e Internação 24h